quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Lua

fotoLuísM


pálida esfera espelhada
solitaria 
no eixo duma prisão.

vejo-a como o primeiro 
Homem 
nas cavernas de então.

mas em evolução 
ela vê-nos
em destruição.

1 comentário:

  1. dizem-me "velhas" memórias que

    "com a Lua em Janeiro/
    não ates o fumeiro"

    imagina pois o que o "Luar de Janeiro" pode fazer poetas...

    forte abraço

    ResponderEliminar