quarta-feira, 4 de outubro de 2017

momentos

há estrelas no céu
a derramarem ilusões.

sobre o banco de jardim
a noite é um manto fino.

por momentos sentei-me
a ocupar o vazio do lugar.

e aquele jardim encheu-se
a ouvir-nos conversar.


Sem comentários:

Enviar um comentário